sign on form

Stay up to date

Sign up now for all our news
in one monthly digest

Santander é alvo de campanha internacional contra impactos ao meio ambiente

Eco-Finanças
Main
Dodgy deals
By Amigos da Terra Amazonia Brasileira | São Paulo, Jun 19 2009

Nesta sexta-feira (19), a organização da sociedade civil espanhola Setem fez uma intervenção na assembléia de acionistas do Banco Santander para pedir que o banco cumpra compromissos socioambientais feitos em 2008.

O manifesto acontece após um ano de realizada a ação “Não com o meu dinheiro”, quando a entidade conversou com o presidente do Santander, Emílio Botín, e os acionistas do banco para pressioná-los a não investir no Complexo de usinas do rio Madeira (RO).  Na ocasião, o presidente se comprometeu a apoiar a causa ou pelo menos a estudá-la.  "Senhores ecologistas, suas palavras são acolhidas com muito interesse, nossa equipe no Brasil se reunirá em breve com os senhores, eu me responsabilizarei pessoalmente disso", enfatizou ao responder às perguntas dos ambientalistas.

Após um ano, o banco continua sendo um dos financiadores do complexo e a Setem volta a fazer o lobby durante a assembléia de acionistas.  “Nessa intervenção, quero mostrar novamente a vocês (acionistas) que o financiamento por parte do Banco Santander do Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira, situado no Brasil, não é compatível com a política que se quer desenvolver nem com os Princípios do Equador, cujo banco é signatário.  Recordo ainda que o ‘Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira’ consiste na construção de quatro usinas no rio citado, o afluente mais caudaloso do [rio] Amazonas.  A execução da primeira represa, Santo Antonio, já está tendo graves consequências para a população local e o entorno natual”, afirmou Annie Yumi Joh, responsável pela área de Finanças Éticas da Setem, em carta apresentada aos acionistas.

Em resposta, o presidente o Santander afirmou que a instituição está preocupada com a questão ambiental.  “Com relação à operação do Rio Madeira, no Brasil, posso dizer que o nosso plano de ação se desenvolveu para a gestão do meio ambiente.  Já foram feitas as revisões implantadas dentro do plano anual de sustentabilidade e estamos nos ocupando deste tema concretamente”, afirmo ele.

Segundo Yumi Joh, o ideal seria que o banco retirasse o investimento, mas se não for possível, “esperamos que o Santander tenha consciência do impacto desta atividade e pediremos que cumpra sua própria política de responsabilidade social”, disse.

Para ela, o banco deu passos positivos durante 2008 ao adotar, por exemplo, uma nova política social e ambiental em todo o mundo e ao assinar os Princípios do Equador, algo “incompatível com o projeto do rio Madeira”, disse.

Roland Widmer, coordenador do Eco Finanças, da organização Amigos da Terra – Amazônia Brasileira, que também pressiona os bancos a não investirem em projetos com excessivos impactos socioambientais negativos, como é o caso do complexo, acredita que o Banco não realizou o acordo prometido em 2008.  “Consideramos que Santander não cumpriu a promessa feita na última reunião.  Especificamente, Botin disse em 2008 que sua equipe no Brasil se reuniria em breve com organizações brasileiras, porém, não teve engajamento com a população afetada ou com a sociedade civil organizada.  Vamos continuar exigindo e cobrando o respeito dos aspectos socioambientais do projeto”, declara.

Campanha
A participação da Setem na Assembléia do Santander faz parte da estratégia da entidade de “ativismo acionário” e da campanha “Exija responsabilidade do BBVA e Santander", lançada em março de 2008 pela organização, que denuncia o Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) e o Santander por investirem em projetos que impactam negativamente a região amazônica.

Rio Madeira
O plano do complexo prevê a construção das hidrelétricas de Santo Antônio, Jirau, Guajará e Cachoeira Esperança; a construção de eclusas, hidrovias e de uma grande linha de transmissão de energia que vai de Porto Velho até São Paulo.

 

contact

paula.peirao@amazonia.org.br

Amigos da Terra Amazonia Brasileira Website

check dodgy deals on record
Login

Good login. Redirecting to
'My Banktrack'.
Wrong login. Click here to request your password.
An email has been sent with your login!
Request password
This email is unknown.
<< Back
Search
Please provide one or more search terms

Join our mailinglist

Get all our latest news releases delivered straight to your inbox - or get our News Digest once a month

banktrack tweets
RT @CarelMohn25: It's not a sale! EU Com gives green light for Vattenfall to pay EPH so that they take over German lignite operations https…
Sep 22, 2016
RT @AccountCounsel: The expansion of El Dorado International Airport in Bogotá, Colombia is officially a “Dodgy Deal”! We are glad to... ht…
Sep 22, 2016
contact
route
Vismarkt 15
6511 VJ Nijmegen
Netherlands


contact@banktrack.org
Contact us